Como contornar a crise e se reerguer?

Como contornar a crise e se reerguer?

Uma das piores sensações que o dono de um site (ou qualquer segmento que se possa imaginar e adaptar a dissertação) pode enfrentar é: Checar as estatísticas de sua Hospedagem de Sites em uma manhã e se deparar com gráfico de busca no google pelo seu site em queda livre! A primeira reação é entrar em pânico, especialmente se você se empenhou e investiu na otimização de suas páginas. Então o primeiro passo é ter calma, tomar o controle da situação e saber que isso está longe de ser o fim do mundo, e que se você for metódico e organizado, focando no problema principal, e em como resolve-lo, verá que isso é temporário.

Então avançaremos pouco a pouco, um passo após o outro, em busca da melhor maneira de resolver este problema e colocar seu site de novo na corrida.

Determine a gravidade do problema

Para resolvermos o problema, precisamos primeiro identificar o núcleo do problema, o olho do furacão! Estamos falando de uma epidemia? Onde todos os aspectos estão te atrasando, ou é apenas uma peça com mal posicionada? O ciclo de produção está funcionando? Ou encontrou alguma fase em sua linha de produção com problemas técnicos ou carência de recursos?

Primeiramente, você deve checar em que áreas obteve mais quedas, quais meios deixaram de ser efetivos, seja acesso direto, referências link building, pesquisa em mecanismos de pesquisa e campanhas pagas (caso tenha feito). Se a queda é geral, provavelmente isto está ocorrendo por algum problema técnico em seu site. Ou se afetou, por exemplo, apenas os acessos via mecanismos de pesquisa (como Google, Bing, Yahoo, etc), ja podemos deduzir que algo em sua otimização SEO não deu muito certo.

Existem muitas ferramentas na web que permitem uma avaliação de seu SEO, de suas palavras chave, estrutura e construção de pagina e etc. Se todas suas palavras chaves perderam acesso, por melhor que estejam suas estruturas, colocações e aplicações, isso pode ser um forte indício de que existe algum problema técnico em seu site, seja ao tentar utilizar algum recurso, ou no próprio acesso à página. Por outro lado, se o problema está em uma palavra chave específica – ou em algumas -, você precisa reelabora-la, tentar algo novo, ou simplesmente otimizar sua aplicação no texto. Sempre existirá a possibilidade de que seu site não esteja tão bem otimizado quanto imagina, ou que você tenha desestruturado seu SEO em sua ultima alteração sem perceber.

Outro fator que pode diminuir o tráfego drasticamente em suas paginas são back-links. Existem diversas ferramentas que podem encontra-los. Back links (links quebrados ou deletados, sem destino) são fatores de peso em avaliações SEO e pessoais. Quando estiver analisando seus links com o Majestic por exemplo, teste você mesmo os acessos, e repare todos os links exibidos pelo Majestic ou qualquer outra ferramenta de avaliação de back-links.

Conclusão

Descobrir a fonte da queda de seus acessos e rendimentos é crucial, afinal, como resolver o problema quando não se sabe nem o motivo, não é mesmo? O que devemos fazer é manter a calma, acompanhar de perto as estatísticas de seu site, quanto antes perceber a crise chegando, mais cedo tomará as contramedidas mais eficazes, e dessa maneira, reverter a crise e seus danos o mais rápido possível.

 

 

 

Postagens relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 13 =